Clique abaixo para entrar diretamente no assunto

domingo, 27 de janeiro de 2013

Renegociação do Fies- Passo a passo

Atualização 07/06/2013:  O MEC atualizou o cadastro e a renegociação está disponível para os contratos encerrados este ano. 
Faça os procedimentos conforme a postagem e leve a documentação, sua e do fiador, à Caixa.

Para os contratos antigos ( contrato inicial assinado até 13/01/2010), é possível fazer a Renegociação dos valores, alongando o prazo de pagamento e diminuindo o valor das prestações.
A renegociação pode ser feita por todos os  estudantes que se enquadam nela, esteja o contrato em atraso ou em dia.
A renegociação é regulamentada pela resolução 03 de 20/10/2010.  Para acessar o teor integral da resolução acesse:    http://sisfiesportal.mec.gov.br/arquivos/resolucao_n3.pdf

O primeiro passo para fazer a renegociação é acessar o site: http://sisfiesportal.mec.gov.br/  Conforme imagem acima.

Ao clicar,  irá abrir a tela abaixo, no endereço:  http://sisfiesaluno.mec.gov.br/renegociacao/seguranca
onde você deverá  fazer um cadastro e fazer uma senha para acesso à renegociação. Como informado na tela , a senha terá de ser uma nova. Se possui ou possuía senha no site do fies da Caixa, ela não tem nenhuma validade aqui.
Dica: O contrato Fies, na Caixa, possui 18 dígitos. O número deve ser colocado completo, os 18 dígitos  sem pontos nem traços; se não colocar o número correto não conseguirá concluir o cadastro.


Após concluir o cadastro, será enviada uma mensagem para o e-mail informado.
Atenção : Somente através do link do seu e-mail você conseguirá fazer o primeiro acesso.

O Link do seu e-mail o enviará de novo à tela acima  onde terá de colocar o  seu CPF, a senha e o código identificador que aparecer (preste atenção às letras maiúsculas e minúsculas).

Após inserir os dados, aparecerá a tela abaixo:

Nesta tela sairá a simulação do financiamento. Preste atenção que sairá a simulação no prazo máximo, para diminuir o prazo e, consequentemente, aumentar o valor da prestação, clique de acordo com a seta vermelha mais à direita, se preferir o prazo máximo deixe como está.

Do lado esquerdo da tela( seta vermelha à esquerda)  existem as orientações, a resolução que normatiza a renegociação, opção de troca de senha e opção de sair da renegociação.
Em orientações aparecerá  a tela  abaixo, leia-a atentamente:


Se estiver tudo ok, aperte em Gravar e Prosseguir. Aparecerá  então a seguinte tela:



Nesta tela terá de marcar dois campos:
1) Se possui ação judicial contra o Fies. Só irá marcar SIM, se você entrou com uma ação contra o Fies.
Se porventura, tem uma ação do Fies contra você, ou se não há ação contra você, deve marcar NÃO.
2) Deve marcar também o campo da declaração que leu e compreendeu as condições da renegociação.
3) Depois de tudo aperte o botão Gerar documentos, para gerar a DRA ( Documento de Regularidade para  Alongamento de Amortização e a Declaração de desistência ou de inexistência de ação judicial.

Depois de marcar os dois campos aparecerá a tela abaixo:



Terá  então de imprimir os dois documentos obrigatórios e levá-los ao banco, juntamente com a sua documentação  e a do(s) fiador(es) e cônjuge(s) do(s) fiador(es).
Observações:
1) Caso tenha uma ação judicial contra o Fies, terá de protocolar  uma petição em juízo desistindo da  ação, de acordo com modelo a ser fornecido pela Caixa.
2) A renegociação exige fiador, mesmo que por razão de alguma liminar anterior, você não possua.
3) O fiador(es) atuais não serão pesquisados, portanto podem ter  restrições cadastrais., inclusive outras além do Fies, caso o seu contrato esteja em atraso.
4) Poderá ser alterado o fiador na renegociação. No caso de alteração o fiador deverá ter Idoneidade Cadastral( nome limpo).

Se quiser mudar os valores da renegociação, clique em Alterar a Simulação.
Outras observações :
1)A renegociação somente é feita na agência da Caixa onde foram assinados os contratos e aditamentos.
É fundamental que ligue para a agência para que veja os procedimentos e a data para fazer a renegociação, principalmente se não morar mais na mesma cidade.
2)O fiador(es) e o cônjuge(s), caso o fiador seja casado, tem de comparecer para assinar o contrato.
3)Você , o fiador e cônjuge do fiador (se o fiador for casado), poderão passar procuração pública específica para a renegociação.
4) Poderá ser alterada a data de vencimento das prestações na renegociação.

*Para fazer o download gratuito das músicas deste blog e curtir minha página, entre no endereço abaixo:
https://www.facebook.com/pages/Flávio-Colares/363430400342476
*Devido a uma maior interatividade, as dúvidas  estão sendo esclarecidas  no grupo " Tudo sobre Fies" no Facebook: https://www.facebook.com/groups/503103603077760/

120 comentários:

  1. Olá, primeiramente gostaria de te parabenizar pelo blog, é muito bom e tira muita das nossas dúvidas... E estava procurando algo relacionado ao meu problema, mas ñ achei ...
    Tive um problema com a documentação... entreguei uma das carteiras de trabalho em branco, pensando que a pessoa da minha família ñ estava com registro, então logo depois de entregar tds os documento à faculdade, descobri q a pessoa perdeu a carteira e para ñ me prejudicar, acabou tirando uma nova sem registro ... eles vão verificar todos os documentos, e constatar que esse está divergente, com certeza. então gostaria de saber o que pode acontecer com a minha inscrição, posso perder a chance de participar ou eu posso renovar as informações corretas?
    Me ajuda por favor, isso está me tirando o sono!
    Obrigada

    ResponderExcluir
  2. Oi Isabela, fique tranqüila!
    A CPSA pode reabrir a sua inscrição para correção. É só pedir pra eles, ok? Esse é um procedimento normal.
    Obrigado pelos elogios!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Chegou este mes o valor da primeira parcela referente aos 12 meses no valor da mensalidade que eu pagava no ultimo semestre da faculdade.
    Duvida 1: Parcela- 302,49 e juros 103 e uns centavos. Qual a taxa de juros que esta incidindo sobre esta parcela qu ecorresponde a fase de amortizaçao I?
    Duvida 2: Fui a cx e fui informada que estas parcelas pagas na fase de amortizaçao I sera abatido na fase de amortizaçao II. Isso procede?
    Duvida 3: Como saber agora se aplicar-se-ao na fase de amortizaçao II a taxa de 3,40% (na liquidaçao do saldo devedor) ? Basta pedir uma simulaçao das parcelas futuras e calcular os juros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Apolo!

      Respondendo às suas dúvidas:
      1) a taxa de juros é a mesma para todos os contratos: 3,4% ao ano, por volta de 0,27% ao mês.
      2) As parcelas, tanto da fase de amortização quanto da fase de amortização II são abatidas no saldo devedor. Você paga uma parte de amortização e os juros integrais, referente ao saldo devedor do mês. A cada mês o valor dos juros diminuem e o valor da amortização aumenta.
      3) O saldo devedor atual você pode solicitar na Caixa; o saldo devedor não leva em conta os juros futuros, então se você liquidar antes não pagará os juros futuros.

      Excluir
  4. Flavio, vamos ver se tu podes me ajudar. Cursei medicina com financiamento de 50%, contrato feito em 2007. Me formei em dezembro e agora em fevereiro recebi o primeiro boleto para pagamento. Procurei a agência da Caixa onde fiz o contrato para me informar sobre a renegociação. Fui orientada a fazer o processo que tu falaste acima. Fiz meu cadastro, mas não consigo acessar o sistema para renegociação, pois sempre aparece uma mensagem dizendo que não atendo algumas condições de uma portaria. É como se eu estivesse na fase de carência. Mas não tenho carência. Tanto que como disse, já recebi um boleto. Não sei mais o que fazer. A Caixa me diz que o sistema atualiza sozinho e preciso esperar normalizar. Mas faz quase um mês que escuto a mesma história. O 0800 do fies me informou que deve ser uma falta de atualização do cadastro. O boleto já venceu e em breve devo estar com o nome no SPC e no Serasa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriela, a renegociação só estará disponível de 2 a 3 meses após o encerramento do contrato, então, neste caso, você deverá aguardar. Por outro lado, como você se formou em dezembro e o seu contrato foi feito no final de 2007, você tem direito a uma carência de 6 meses. Indevidamente diversos contratos foram encerrados pela Caixa, mesmo tendo direito à carência. Caso queira a carência, que é um direito seu, volte à agência da Caixa e exija o que é seu direito.

      Excluir
  5. Flavio! Vc é 10! Achei a documentaçao do fies relativo ao ultimo aditamento e fiz o calculo que vc me indicou! No aditamento tinha o valor da semestralidade da faculdade e o valor financiado, dai foi so subtrair e do resultado dividir por 6. Realmente estou pagando exatamente o valor da mensalidae que eu pagava no ultimo semestre! Ufa! Ja posso dormir mais tranquila!
    E constatei que meu saldo devedor de acordo com o boleto dos ultimos juros de 50 reais que eu paguei no final do ano passado é o seguinte:
    emprestimo: R$9.043,00 e o saldo devedor:12.356,00, desta forma tenho duvidas ainda:
    1)O valor desta primeira parcela é 405, sendo de amortizaçao 302,49 reais e juros 103 reais. Esses juros de 103 que intriga-me, como a Caixa chegou neste valor de juros? Qual o calculo? (ps: Neste boleto que recebi agora em março, consta parcela nº38 de 208, ate a 37 eu pagava somente os juros de 50 reais)
    2)As proximas parcelas os juros tendem a diminuir e a amortizaçao aumentar, certo?
    3)Imagino que pagarei nesta fase I uns 3,700.00 reais de amortizaçao, ja q parte eh amortizaçao e parte é parcela, o qual abaterá do meu saldo devedor. Entao, meu saldo devedor ficara por volta de 8.6000,00. Posso ano que vem levar este valor a cx e quitar sem juros ou dividir o valor restante em 159 vezes (208-37 das q ja paguei-12=159). Se eu mantiver o parcelamento ate o final, quanto devolverei a caixa? Devolverei somente os 12.356 que constam como saldo devedor ou devolverei um valor muito acima disto devido os juros q incidirao em cada parcela ate o final do financiamneto?
    4) Se eu for a caixa e pedir uma projeçao antecipada das futuras parcelas da fase de amortizaçao II ate o final (parcelas+juros) eles me fornecem ?
    Desde ja agradeço a pessoa atenciosa que vc é e peço perdão a minha inconveniencia com tantas perguntas! Acredito que nao tenho mais duvidas alem destas supracitadas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é exatamente como pensou. À medida que o valor dos juros diminuem o valor da amortização aumenta. Por este tipo de sistema de amortização, o Price, você só terá dois valores de prestação durante toda a fase de amortização. Na fase de amortização I será este valor da boleta que recebeu agora, pelo período de 12 meses, e na fase de amortização II o valor será menor, de acordo com o saldo devedor restante, parcelado em duas vezes o prazo de utilização do Fies.
      -Onde você achou 208 meses? você não está confundindo o Prazo do contrato com o prazo de Amortização? Para saber quantos meses faltam para o final da amortização verifique no seu boleto qual a data da última boleta. Você irá pagar as parcelas com os juros de 3,4% ao ano. Na internet existem tabelas para se calcular pela tabela price.
      - A Caixa normalmente não fornece essa projeção, você pode calculá-las de acordo com a tabela que lhe falei acima.

      Obrigado pelo elogio!
      Grande Abraço!

      Excluir
  6. Prezado,

    Tendo em vista a louvável utilidade do seu blog, que é a de nos elucidar sobre os procedimentos muitas vezes tormentosos da CAIXA e do FNDE, venho solicitar o seguinte esclarecimento.
    Sei que tenho direito à renegociação e procedi da forma acima muito bem indicada. Acontece que sou impedido de acessar a página da renegociação sob o seguinte argumento: "O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso II do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010". Busquei melhores esclarecimentos, sendo informado que: 1 - meu contrato não se sujeita à administração do FNDE; 2 - teria de procurar diretamente a CAIXA para renegociar.
    Assim procedi. O gerente da CAIXA me encaminhou novamente ao FNDE, sendo que seria necessário formulário (?) junto ao MEC. O FNDE novamente me encaminha a CAIXA, se eximindo da responsabilidade. Num terceiro momento, utilizaram a justificativa acima, do não enquadramento nas fases I ou II da amortização. O que não é verdade, já que estou na fase II. Como proceder? Já ouve casos parecidos? Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro, o contrato para ser renegociado tem de ter sido efetivado anteriormente ao ano de 2010. o inciso II diz o seguinte :
      II - estejam, à época do pedido de alongamento, nas fases de amortização I e II do financiamento;
      Isso quer dizer que o FNDE ainda não atualizou seus dados referente ao Encerramento do contrato. A Caixa informa que envia os dados sobre os encerramentos mensalmente ao FNDE, mas eles não tem sido processados tempestivamente pelo FNDE.
      Abra uma demanda e solicite para que os dados sejam atualizados.
      A Caixa não pode, de acordo com essa resolução nº 3, renegociar o contrato sem a anuência do FNDE/MEC.

      Excluir
  7. Oi Flávio, parabéns pelo blog é ótimo!
    Recebi agora este mês meu primeiro boleto para começar a pagar o fies. e passaram 18 meses desde que formei. Meu contrato começou em 2007, portanto prazo que eles começaram a cobrar está correto né? gostaria de saber se posso pedir mais um tempo para começar a pagar pois estou desempregada. No caso de eu não pagar, o meu nome e do meu fiador ficam sujos né? vc sabe mais ou menos em quanto tempo isso acontece? Como os prazos para a cobrança estão todos certos, tenho alguma alternartiva?

    ResponderExcluir
  8. O sistema do MEC está com um problema nas transferências depois de feita a suspensão. Abra uma demanda no site WWW.fnde.gov.br para relatar o caso e poder se resguardar, caso o prazo para fazer a transferência seja ultrapassado por esse erro do sistema.

    Obrigado pelo elogio!

    ResponderExcluir
  9. Olá Flávio, parabéns pelo blog é muito esclarecedor.
    Estou com o seguinte problema: Recebi neste mês de março o primeiro boleto referente a fase da amortização I que dura 12 meses como fui informada na caixa, porém no momento não estou podendo pagar e fui no site do Fies realizar a renegociação como você ilustra acima, mas o sistema me impede de acessar página da renegociação com a seguinte mensagem: O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010. O que isso significa? Sei que posso realizar a renegociação pois meu contrato é do período de 15/12/2007 a 15/07/2011. Como posso proceder para renegociar minha dívida? Obrigada desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pollianna!

      Esse inciso fala sobre o prazo máximo:
      "A soma dos prazos das fases de amortização I e II não seja igual ou superior a 3 vezes o prazo de permanência do estudantes na fase de utilização, acrescido de 12 meses."
      Acredito que isso não se aplica ao seu caso, pode ser que o sistema ainda não esteja atualizado. Aconselho a você ir tentando todos os dias.

      Excluir
  10. Olá Flávio, gostei muito do seu blog, tenha certeza que ajudará muitos estudantes que estudaram com a ajuda do Fies. Tenho a seguinte dúvida, gostaria que mim ajudasse. Pois estou muito preocupada. Encerrei o meu Fies em 17 de agosto de 2007, quando foi em 28 de junho de 2010 fiz uma "renegociação com incorporação de encargos e dilação de prazo", mas devido a problemas financeiros fiquei inadimplente, e a caixa mandou um mandato de execução. Fui a caixa e a pessoa que me atendeu, enviou um e-mail ao setor jurídico para saber se tinha algum encargo para a renegociação, já foi confirmado a existência, mas tenho que ter o DRA, que consigo nesse passo a passo da renegociação, porém o site diz o seguinte: 804 o seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de outubro de 2010. O que faço? Que orientação você pode mim dar. Desde já agradeço muito sua atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran, obrigado pelos elogios!
      Esse inciso diz a soma dos prazos das fases de amortização I e II do financiamento não seja igual ou superior a três vezes o prazo de permanência do estudante na condição de financiado, acrescido de 12 meses.
      Pode ser que tenha feito uma renegociação no prazo máximo e agora não existe mais condição de dilatação do prazo.

      Excluir
  11. Ola Flavio,

    Meu contrato do FIES é de 2007 e esta em fase de amortização I. Estou tentando realizar a renegociação pelo o site do SISFIES, porem o site retorna com mensagem de erro dizendo que meu contrato não obedece a clausula 2.5 da renegociação. Entrei em contato com o mec para saber o que seria isso e eles não souberam me informar. Disseram que preciso aguardar o sistema. Minha parcelas estão vencendo e preciso baixar o valor. Não sei mais o que fazer. Como posso proceder?

    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafaela, o que regulamenta a renegociação é a Resolução 03 de 20/10/2010. Veja exatamente qual mensagem de erro. Pode ser que o sistema retorne uma mensagem de erro em função de que o sistema do MEC ainda não recebeu a informação de que o seu contrato foi encerrado no sistema da Caixa. Demora de 2 a 3 meses depois que você começa a pagar para que o sistema seja atualizado.
      Abaixo o artigo segundo e seus 4 incisos:
      Art. 2º O alongamento autorizado na forma do art. 1º aplica-se aos contratos
      de financiamento adimplentes ou inadimplentes que atenderem cumulativamente as
      seguintes condições:
      I - tenham sido assinados até o dia 14 de janeiro de 2010;
      II - estejam, à época do pedido de alongamento, nas fases de amortização I e
      II do financiamento;
      III - o valor da prestação seja superior a R$ 100,00 (cem reais);
      IV - a soma dos prazos das fases de amortização I e II do financiamento não
      seja igual ou superior a 3 (três) vezes o prazo de permanência do estudante na
      condição de financiado, acrescido de 12 (doze) meses.

      Excluir
  12. Olá, Flávio! Parabéns pelo blog! Ele foi um oásis em meio a um monte de informações contraditórias e confusas disponíveis na internet.
    Preciso lhe pedir uma ajuda: me formei em 2011 e assinei meu primeiro contrato em 2007. Este mês (um ano depois) chegou a primeira cobrança no valor referente à 50% da mensalidade que eu pagava em 2007 (acredito que seja a fase de amortização II). Queria renegociar para pagar prestações mais baixas, mas o sistema do FIES informa que "(804) O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010."
    Li o tal inciso e ele diz que as renegociações são valem pra quem tem contrato assinado depois de 2010.
    Estou muito perdida! Você sabe se posso mesmo renegociar? Devo ir na agência em que fiz o contrato (eles nunca sabem nada por lá)? Vou pagar esse primeiro boleto, porque não quero prejudicar meu fiador, mas não sei o que fazer a partir de agora.
    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  13. Obrigado pelos elogios!
    Quanto a sua questão:
    A fase de amortização em que está é a I. A II começa a partir do 13º mês.
    Esse inciso IV diz o seguinte:"a soma dos prazos das fases de amortização I e II do financiamento não seja igual ou superior a 3 (três) vezes o prazo de permanência do estudante na condição de financiado, acrescido de 12 (doze) meses."
    Acredito que poderá negociar em breve, pois o MEC demora algum tempo para receber e processar as informações da Caixa e autorizar a renegociação. Enquanto isso não acontece, o sistema sempre gera uma mensagem de erro. Vá tentando todos os dias, pode ser que demore um ou dois meses para que a renegociação seja autorizada.
    Boa sorte!

    ResponderExcluir
  14. Flávio,

    Mas enquanto não se consegue negociar por este problema, deve-se pagar ou não as prestações? Digo isso porque estou no mesmo caso e amanhã vence a segunda parcela da Amortização I e tenho medo de me prejudicar. O que você sugere?

    Obrigado.

    Sérgio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio, medidas mais drásticas como inclusão no nome na Serasa e no SPC só são tomadas após 30 dias de atraso. Mas antes disso são enviadas cartas de cobrança para você e seu fiador. Se tiver como pagar o melhor é pagar para evitar constrangimento para você e seu fiador. A renegociação pode ser feita para os contratos em dia ou em atraso.

      Excluir
  15. Oi Flávio,

    Obrigado. Eles fizeram uma coisa doida. Na verdade a minha agência da CEF me orientou anteriormente a não pagar. Depois da sua orientação, eu fui pagar e a parcela de Março sumiu, digo, não estava mais a parcela referente ao Amortização I e sim 50,00 dos juros e a parcela foi transferida para 15/04, vai entender. Eu até já tinha recebido ligação da CEF cobrança. Em fim, paguei os 50,00. Isto deve ocorrer porque estou há 02 meses exatos brigando com a CEF e o FNDE, já levei a reclamação da CEF ao Banco Central e ela se pronunciou que o problema estaria com o FNDE de fato e o FNDE já informou diversas vezes que o problema foi resolvido e NADA. Protocolo aberto há dois MESES e em tentativas de solução. Que tormento.

    Muito Obrigado.

    Abraços.

    Sérgio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sérgio!

      Provavelmente a Caixa cancelou o seu encerramento. O melhor é ir até a agência e esclarecer a situação. Pelo site do Fies da caixa, fies.caixa.gov.br, você pode consultar para ver se os boletos dos valores maiores foram cancelados, Se foram é certo de que foi estornado o encerramento. Mesmo assim vá até a agência para verificar quando começará a pagar as amortizações mensais.

      Excluir
  16. Olá Flávio!

    Estou vivenciando esse pesadelo da renegociação, desde o dia 10/03/2013 venho tentando fazer a renegociação do meu contrato do Fies, entrei no site do Sis Fies e me deparei com a seguinte mensagem: (804) O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010.

    Já liguei no MEC que manda eu ir até a CEF para resolver a situação na CEF sou informada que meu contrato satisfaz todas as condições para renegociação e até fazem simulação.

    Como posso tentar resolver isso Flávio? Já estou esesperada já fui em 3 agências da CEF de onde estou residindo, liguei mais de 10x na minha agência de origem e ninguém me atende e o MEC por sua vez dia que nada pode ser feito por lá.

    Acho que terei que ingressar com medida judicial.

    Grata,

    Camila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      O MEC ainda não autorizou a renegociação para nenhum contrato cuja primeira prestação de amortização venceu em Março de 2013, só foram autorizados até o momento os contratos cuja primeira prestação venceu em Fevereiro de 2013.
      Acredito que provavelmente em breve deverá ser liberada a renegociação.

      Excluir
  17. Boa tarde Flávio!

    Você me aconselha a aguardar? Ou devo tomar outra providência (medida judicial)? Já tentei resolver com a Caixa, com o MEC e nada consigo e as parcelas estão vencendo. Estou desesperada já..

    Grata por tudo e parabéns pelo blog e por sua presteza

    ResponderExcluir
  18. Até mesmo porque o que me preocupa é a inserção no SERASA de meu nome e principalmente de minha fiadora, que se prestou a me ceder seu nome para que eu pudesse fazer o FIES. Quando será que devem liberar a renegociação? esculpe tantas perguntas Flávio, mas é que não consigo resolver de jeito nenhum como te disse..

    Att.

    Camila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!

      Eu acredito que nos próximos dias. o FNDE deve liberar a renegociação para os contratos cuja primeira prestação da amortização começou a ser cobrada em março.
      Abra uma demanda questionando sobre a renegociação no site www.fnde.gov.br e verifique se já existe uma previsão de liberação e também para pressionar o FNDE para que ele agilize essa renegociação.
      Creio que a via judicial talvez demore mais.

      Excluir
  19. Bom dia Flávio,
    Tenho uma dúvida,comecei a faculdade ano passado,só que em agosto parei , aquela taxa continuou vindo de 20,00 +/-(juros),até então não tinha ido na caixal, liguei pro gerente onde fiz o fies,ele me falou que tenho 2.400 devendo lá,será que esse valor aumenta a cada mês,ou esse valor está fixo,pois estou sem tempo de ir lá encerrar,e outra coisa,será que consigo parcelar esse valor,por exemplo,pagar uns 100,00 por mês?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Tiago!
      O valor que está pagando é dos juros trimestrais. O valor de 2400 deve ser do saldo devedor. Se não fez mais aditamentos o saldo devedor não aumentará.
      A dívida, depois que o contrato é encerrado, é parcelada em 3 vezes o prazo de utilização acrescida de mais 12 meses de prazo.

      Excluir
  20. Flávio, só para confirmar isso então é um "erro" no sistema deles? Não problema algum com meu contrato para renegociação, é isso? Porque na CEF me informaram que meu contrato satisfaz todos os requisitos para renegociação, que não sabem dizer o porquê deste aviso me impossibilitando e todas as vezes que ligo e /ou mando reclamação para o MEC/FNDE não me deu solução algum dizem que devo procurar a CEF.

    Grata por toda a ajuda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, o que acontece é que demora um certo tempo até o sistema do MEC ser atualizado com os dados dos encerramentos efetuados no sistema da Caixa. Enquanto não é feito este processamento não é possível fazer a renegociação.
      Acredito que em breve deverá ser liberada a renegociação para os contratos que começaram a receber as parcelas de amortização em Março.

      Excluir
  21. Boa tarde Flávio,

    Gostaria de saber se existe a possibilidade de renegociar a divida diminuindo o prazo para pagamento.Pois estou cursando Administração e tenho intenção de saldar minha divida em um prazo menor que os treze anos que tenho em contrato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruno!

      Você poderá pagar a dívida em prazo menor fazendo amortizações extras no contrato, mas não há possibilidade de renegociar para diminuir o prazo, somente para aumentá-lo.

      Excluir
  22. Boa tarde Flávio!

    Mandei o questionamento para o FNDE e olha a resposta dele: O protocolo de n° 12009493, foi finalizado em 22/4/2013, às 19:16 pela área responsável.

    Solução:

    Informamos que o alongamento do prazo de amortização poderá ser solicitado pelos estudantes adimplentes ou inadimplentes que atendam cumulativamente as seguintes condições:

    1º Tenham sido assinados até o dia 14 de janeiro de 2010;
    2º Estejam, à época do pedido de alongamento, nas fases de amortização I e II do financiamento;
    3º O valor da prestação seja superior a R$ 100,00 (cem reais);
    4º A soma dos prazos das fases de amortização I e II do financiamento não seja igual ou superior a 3 (três) vezes o prazo de permanência do estudante na condição de financiado, acrescido de 12 (doze) meses.

    Ao acusar o aviso 804, o SisFies está informando que o financiado não atende a essa quarta exigência para renegociação.

    Caso o contrato cumpra todos esses requisitos, orientamos que procure seu agente financeiro para que as informações sejam atualizadas.

    Me deixou em dúvida agora se realmente vai abrir para renegociação porque eles insistem em dizer que meu contrato não atende a uma exigência. Você acha que esse "erro" (804) pode ser sanado e abrir para renegociação para mim Flávio?

    Obrigada por tudo mais uma vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, acredito que o que está acontecendo é que a sua liquidação ainda não foi processada pelo sistema do MEC, por esse motivo ele está gerando esse erro.
      Nenhum contrato, cuja primeira prestação de amortização mensal foi gerada a partir do mês de Março de 2013, está disponível para renegociação, sempre gerando um erro.
      Provavelmente quando for processado o arquivo com as liquidações dos contratos, a maioria dos contratos estará disponível para renegociação.

      Quando precisar, disponha!

      Abraço!

      Excluir
  23. Flávio, boa noite! parabéns pelo blog!
    Então..meu cotrato do FIES é de dez de 2005. Tranquei por 2 vezes o mesmo, pois tive que trancar a faculdade por falta de grana na época..voltei a estudar..só que estou novamente com a faculdade trancada, mas no mes de janeiro desse ano, eu paguei o valor do juro que era de 50 reais. Agora no mes de março, recebi o boleto no valor de 401.00
    Fui até a caixa, e me informaram que estou no processo de amortização I.
    E por ser parcela alta, não estou novamente em condições de pagar esse valor mensal. A gerente me informou que poderia tentar a renegociação atraves do site. Entrei no site do fies, mas diz que eu não posso fazer negociação por causa do inciso IV do art 2° da resolução do FNDE. E eu não entendi esse inciso..gostaria de saber o porque que não posso renegociar o valor da parcela!? Ta muito alto o valor, e eu não estou com condições de pagar. Ligo no 0800 do fies, e eles não sabem informar. Enfim..quero pagar em valor mais baixo, mas não posso por causa deste inciso, e eu não o compreendi...me ajuda a saber o porque que não posso, e como faço para conseguir a renegociação! obrigada.

    ResponderExcluir
  24. Flávio, o erro que aparece quando abro no site do fies é o mesmo da Camila Annes. O erro 804.. e creio que o desespero dela seja tão parecido com o meu, em relação ao spc e serasa...
    Será então que é possível um atraso no sistema do mec em relação a 1ª prestações vencidas no mes de março?!

    obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscylla!

      O problema é que o sistema do MEC ainda não foi atualizado, ainda consta que seu contrato ainda não foi encerrado, por isso dá o erro. Abra uma demanda no site www.fnde.gov.br e peça a atualização dos dados.
      Enquanto isso não for feito você terá pagar as parcelas que estão vencidas, pois passando de 30 dias ficam sujeitos a inclusão na Serasa e no SPC.

      Excluir
  25. Olá Flavio,
    Contratei o FIES de 50% em 3/9/2007, com o intuito de concluir meu curso de Psicologia, durante todo processo de formação paguei de 3 em 3 meses um valor de R$ 50,00 reais referente a amortização.
    Me formei em 03 de março de 2012 e no dia 5 de março de 2013 começaram a chegar os primeiros boletos de pagamento do financiamento com o valor "cheio" 367,80.
    Como recém formado, acho esse valor alto para pagar mensalmente e tentei renegociar no SisFies, quando procedo leio a seguinte mensagem:
    "(804) O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010."
    Estou preocupado, preciso da renegociação... O que devo fazer? Qua açoes devo tomar para conseguir a renegociação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema é que o sistema do MEC ainda não foi atualizado, ainda consta que seu contrato ainda não foi encerrado, por isso dá o erro. Abra uma demanda no site www.fnde.gov.br e peça a atualização dos dados.
      Enquanto isso não for feito você terá pagar as parcelas que estão vencidas, pois passando de 30 dias ficam sujeitos a inclusão na Serasa e no SPC

      Excluir
  26. Bom dia Flávio!

    Continuo com o problema da mensagem "(804) O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010." quando tento fazer a renegociação do meu contrato do Fies.

    Sabe me dizer se alguém com o mesmo problema que teve a 1º parcela vencida em março já conseguiu fazer reparcelamento? Já fiz reclamação no site do FNDE, tentei entrar em contato com minha agência de origem (da qual ninguém NUNCA me atende para me dar uma solução), fiz outra reclamação na ouvidoria da CEF.

    Já não sei se tem alternativa ou se o jeito é ingressar com medida judicial. Você acha que esse "erro" será solucionado? Tens idéia de quando? Já vou para o 3º mês de cobrança nesse valor e não tenho como arcar com isso nesse momento.

    Grata,

    Camila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Camila!

      Até o dia de hoje ninguém, cuja primeira parcela venceu em Março, teve o contrato renegociado.Na realidade o que acontece é que o MEC tem de processar os arquivos, recebidos da Caixa, onde consta o encerramento do contrato.
      Acredito que essa situação não tem mais como perdurar por muito tempo.

      Excluir
  27. Olá Flávio, boa noite.

    Abri um chamado e a resposta foi

    Solução:

    Informamos que referente ao aviso 804 será necessário que o aluno entre em contato com a agência onde o contrato foi assinado e solicite a atualização dos dados, Informamos que após a atualização dos dados no sistema da agência bancária o estudante aguardar o recebimento das informações da CEF e atualização do SisFies.

    Fui a CEF e informaram que o meu contrato está com uma pendência interna e me pediram um prazo de 5 dias uteis para resolução.

    Quanto a questão da renegociação vc disse que os contratos cujo a primeira parcela venceu em março/13 ainda não foi processada pela caixa. Vc sabe me informar se já estão atualizados os contratos com as condições acima?

    Lembrando que por conta do risco e constrangimento paguei a parcela que venceu em 15/03.

    Obrigado e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manoel, o é que os contratos cuja primeira parcela venceu em Março ainda não foram processados pelo MEC e não a Caixa. Caso o MEC ainda não tenha recebido os arquivos da Caixa, ele é quem deve solicitar os arquivos e não o estudante, que não tem nenhuma possibilidade de conseguir isto.
      Segundo a Caixa, todo início de mês os arquivos com os encerramentos do mês anterior são enviados ao MEC, que tem de processá-los.
      Até o momento nenhum contrato cuja 1ª prestação venceu em Março foi renegociado.

      Excluir
  28. Olá! Sou de Belo Horizonte - MG e estou com a mesma dificuldade em preencher o Documento de Regularidade para Alongamento de Amortização (DRA) pelo site do FNDE. Sempre dá o erro 804. Minha 1ª parcela da fase de amortização I venceu em Março desse ano de 2013.Meu fiador e eu estamos com onome incluídos no SPC desde entao!
    Vocês sabem informar quando são feitas as atualizações no Site do FNDE? Obrigado. Qualquer notícia que eu consiga posto aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Não há uma regularidade por parte do FNDE,o que os estudantes devem fazer é pressionar o FNDE, para que ele processe urgentemente os dados recebidos da Caixa.

      Excluir
  29. Oi Flávio,
    fiz FIES 2º semestre de 2008, e agora me formei, estou na quarta prestação de 520 reais, pelo que entendi, até 12 meses pagarei esse valor e no meu contrato diz que a ultima prestação é 10/2020, como miha divida é de 20.800 quer dizer que após 12 prestações de 520x6=6240- JUR0S(1000)=5240-20.800=15560/82(meses)=190 será minha prestação nos proximos anos mais o juros??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para fazer um cálculo mais próximo é preciso saber quantas prestações você já pagou de 520. Você solicitou o saldo devedor no banco ? O valor que consta na boleta é o valor sem juros, ok?
      Se realmente o valor do saldo devedor for de R$ 20.800,00 e você já pagou 4 parcelas de R$ 520,00, as 82 últimas, depois das outras 8 de R$ 520,00, serão de aproximadamente R$ 233,00.

      Excluir
  30. Bom dia Flavio me ajude.
    Usei o fies onde assinei o contrato no segundo semestre de 2007, me formei em 2° semestre de 2011, já chegou a terceira parcela no valor de R$ 640, tento a renegociação e não consigo aparece o erro 804, fico ligando para FNDE, indo na caixa e cada vez tenho uma informação diferente, e o erro insiste em aparecer, por ultimo na caixa querem que eu pague a primeira para liberar, mais uma amiga minha na mesma situação não teve que pagar nenhuma e já conseguiu negociação. O que devo fazer estou desesperada por conta do nome do meu FIADOR, o que eu faço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Lara!

      Recebi uma informação de que nos próximos dias será resolvida essa situação, pois o FNDE tem de processar as informações sobre os encerramentos para poder liberar as renegociações no site.
      Infelizmente enquanto não é regularizado você tem de aguardar.

      Excluir
  31. Bom dia Flavio, tenho uma infinidade de dúvidas.
    Cursei Biologia por 2 anos e 7 meses e depois tranquei a faculdade.
    Após a fase de carência terminar,a qual eu pagava 50,00 a cada três meses , se iniciou a fase de amortização I cujo valor mensal é o mesmo valor liquido que era cobrado na faculdade, pois eu tinha bolsa de 50%. o Saldo atualizado da minha dívida antes do 1º pagamento da fase de amortização I girava em torno de R$13.300,00, e eu ja quitei a terceira parcela. Preciso fazer a renegociação porque esta difícil no momento. Eu entrei no portal de renegociação do FIES e realizei o passo a passo que consta aqui no blog, só que ja consta que estou na fase de amortização I no sistema mas o valor da prestação mensal nao passa de 50,00 e eu ja paguei 451,00 mensal mas de três vezes. O problema ainda maior do que este, é que na Caixa onde eu realizei o financiamento eles estão alegando que a Caixa Econômica junto ao MEC, estão sem sistema para esse refinanciamento a mais de 3 meses e não tem prazo de volta. Gostaria de saber se você tem alguma informação sobre isso, se procede isso em todas as caixas e se não vão voltar a fazer a renegociação. Caso esse problema esteja ocorrendo apenas na sede onde eu assinei o contrato, é possível mudar o contrato de agência? o que é necessário? Ninguém sabe informar direito o que esta acontecendo na Caixa, como nunca souberam dar informações sobre o FIES desde sempre. Mais uma dúvida, como eu cursei a faculdade apenas por 2 anos e 7 meses, não entendo direito aquele prazo que eles informam que a soma do prazo de amortização I e II não podera ser igual ou superior a 3 x o prazo de permanencia como financiado. O que isso quer dizer exatamnete, eu posso fazer a renegociação ou não?


    Desde ja agradeço a tenção, muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe, a renegociação está sendo feita normalmente, a não ser em casos esporádicos, o que não é o seu caso.
      Todos os contratos, cuja primeira prestação venceu em Março, ainda não puderam ser renegociados por não terem sido processados pelo sistema do MEC. A previsão é que até o dia 10/05 isto esteja resolvido.
      A renegociação tem de ser assinada na mesma agência onde foi contratado.
      Quanto ao prazo, tendo estudado 31 meses com o Fies você poderá parcelá-lo em até 3 vezes o prazo mais 12 meses, ou seja: 105 meses.

      Excluir
  32. quem assinou Fies 2005.2 e encerrou 2009 tem direito a renegociar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, você tem direito a renegociação. Entre no site e faça a simulação.

      Excluir
  33. Gente esse site tem que ser divulgado, Parabéns Flávio! Pois o desespero é grande qndo chega essas parcelas e nao conseguimos renegociar, pois aparee ese erro do inciso VI do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010...me disseram ate que tinha que deixar o nome do fiador ir pra o SPC, mas agora estou entendendo que é pq tem q esperar esses 3 messes para atualizaçao de dados, é isso Flávio? Enquanto isso qse fico louca... Minhas prestações chegaram eu paguei e equanto isso estou esperando essa tal de atualizacao e nada...estou no segundo mes de prestação...mas é assim que procde? devo pagar e aguardaar???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eulália, obrigado pelos elogios!
      Na realidade a espera deveria ser bem pequena, mas está havendo um problema na atualização dos dados por parte do sistema do MEC, por esse motivo ainda não foi autorizada a sua renegociação. Esse problema está afetando milhares de estudantes. Abra uma demanda no site WWW.fnde.gov.br para pressionar o FNDE a regularizar essa situação.
      A renegociação pode ser feita com as prestações em dia ou em atraso.

      Excluir
  34. Boa tarde Flávio!

    Gostaria de saber se alguém que teve a 1º parcela com vencimento em março conseguiu fazer a renegociação? Porque para mim continua dando a mensagem "(804) O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010."

    Liguei para minha agência de contratação e eles falaram que o MEC é responsável para atualizar os dados para abrir para renegociação, é isso mesmo? Porque tamanha demora?

    Grata,

    Camila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila !
      Até agora ninguém na mesma situação que a sua conseguiu fazer a renegociação. Só o MEC poderá responder o porquê de tanta demora.

      Excluir
  35. Boa noite estou na mesma situação deste erro 804 gostaria de saber se eu preciso fazer alguma coisa na agencia da caixa onde assinei o contrato como alguma atualização de cadastro ou sei lá o que...ou somente esperar que isso seja regularizado sem que eu precise fazer nada...obrigada
    cheila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As agências não tem como fazer nada, o sistema do MEC tem de ser atualizado para permitir a liberação da renegociação.

      Excluir
  36. Desde de julho de 2012 estou tentando quitar a minha divida no Fies à vista, e não é oferecido nenhum tipo de desconto. Pelo contrário os funcionários mal sabem dar informações sobre o caso. Depois de toda a novela, ontem fiz mais uma tentativa, indo na Caixa Econômica Federal, no Mec e no FNDE, cada uma das instituições afirmam não serem responsáveis. Depois de tanto eu conversar com uma atendente no Fnde ela me orientou que eu acessasse o site do fies e fizesse o refinanciamento, aliás TODOS orientaram que eu refinanciasse a dívida, sendo que o pagamento à vista não há nenhum desconto. Acessei ao site e para minha surpresa não havia a orientação que a atendente informou, então entrei em contato, e ela me disse que não sabia que era para eu ligar na ouvidoria da caixa. Entro em contato e um novo atendente informou que não era preciso fazer isso, então eu volto outra vez a estaca zero.
    O fies foi contratado em 2003 na época a caixa que era responsável pelo financiamento, porém agora quem o responsável pelos novos contratos é o FNDE. Então um fica "jogando" a responsabilidade para o outro e ninguém sabe me orientar ao certo o que fazer, aliás, cada atendente dá uma informação diferente. Eu só quero quitar a minha dívida e tirar os fiadores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A quitação pode ser feita com renegociação ou sem renegociação.
      Se ainda tem prestações a vencer ha sim um desconto sobre os juros futuros, é bem pequeno pois a taxa de juros é de 3,4% ao ano.

      Excluir
  37. Olá, gostaria de saber se é possível pagar uma parte da dívida do fies a vista? Minha divida está em mais ou menos 9.000 e gostaria de dar uma parte em dinheiro a vista e continuar pagando o restante parcelado. é possivel? Como devo proceder? Pois todas as informações de negociação que encontro trata-se apenas do tempo da dívida e não de valores.
    obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, a qualquer momento você pode amortizar parte da dívida do Fies. É só procurar o banco e pedir para fazer uma amortização parcial do contrato.

      Excluir
  38. Olá Flávio, gostaria de dar parabéns pelo blog, por aqui pude perceber que o problema não acontece só comigo. Eu também não estou conseguindo renegociar o meu contrato, que foi feito em 2007. É frustrante a falta de informação dos próprios funcionários, tanto do MEC, quanto os da CAIXA, um jogando a responsabilidade no outro e nos fazendo de palhaço. Na CAIXA dizem que tenho que resolver o problema através do cadastramento no site, e não consigo devido ao erro 804 (sendo que meu contrato sim satifaz todas as clausulas). Se entro em contato com o MEC, alias, já perdi a conta de quantos protocolos de ligação já tenho me orientam para ir até a agência e pedir para atualizarem o meu cadastro. Faz semanas que não durmo de tão preocupada, me formei no final de 2011, o primeiro boleto já chegou agora em Março, ou seja, em apenas 13 meses, nem os 18 meses de carência eu tive. Enfim, já chegou o terceiro boleto no valor de R$1.052, e até agora com muito esforço só consegui pagar o primeiro. Já abri uma demanda no FNDE, você saberia me responder quanto tempo ainda tenho que aguardar? É triste saber que um programa que deveria funcionar tão bem seja assim. O governo faz tanto incentivo de adesão ao FIES e quando precisamos NADA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria Luiza!
      A resolução 03 que regulamenta a renegociação em seu artigo 5º, parágrafo 1º , incisos I e II exige que sejam gerados dois documentos, extraídos exclusivamente no Sisfies. Como para gerar estes documentos o estudante tem de fazer o cadastro no site, somente com a atualização do site do MEC é que ela poderá fazê-lo.
      Caso haja algum problema provocado pela Caixa, o próprio MEC tem de solicitar essa correção ou o envio dos arquivos para o MEC, para que possa ser autorizada a renegociação.
      Por Caixa, entenda-se o gestor do programa ou a área tecnológica da caixa, responsável por enviar os arquivos, as agências não tem como solicitar ou resolver qualquer problema em relação a isso.
      Segundo contato com a Caixa, ela envia todos os meses para o FNDE, os arquivos com os encerramentos de contratos e o MEC ainda não solicitou nenhuma correção dos arquivos enviados.

      Excluir
  39. Hoje ettrei n site novamente para tentar fazer a renegociação e a mensagem mudou daquela 804 para esta:
    (800) As informações do seu financiamento não foram disponibilizadas pelo agente financeiro. Favor dirigir-se à agência da CAIXA onde você contratou o financiamento.

    sabe algo sobre essa mensagem? o que devo fazer ja que eu ja fui na caixa inumeras vezes e nada...
    obrigada..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cheila, simplesmente ir a agência não resolverá nada, pois as agências não tem como solicitar nem processar suas informações para envio ao MEC. Caso a Caixa não tenha enviado os arquivos ou enviou com algum problema, o próprio MEC é quem deverá fazer essa solicitação ao gestor do programa na Caixa e não às agências.
      Essa mensagem parece piada, pois o MEC é o agente operador e os bancos são agentes financeiros subordinados.
      Seria como se você chegasse numa empresa e o dono da empresa, o MEC, pedisse para o cliente, no caso você estudante, para que o empregado, Caixa e BB, lhe fizesse um serviço para entregar para o dono.
      O MEC, caso realmente haja algum problema por parte da Caixa, tem de exigir que seja solucionado, como qualquer bom patrão faria com seus empregados.

      Excluir
  40. á abri 2 demandas pelo site e uma através do 0800 do MEC. Em uma das demandas eles me pediram novamente para entrar em contato com a CAIXA para atualizarem o meu cadastro, e lá fui até a caixa de novo, o funcionário responsável pelo FIES aqui chegou a dar risada, até abriu o programa e pediu pra eu olhar junto com ele, e realmente, não tem o que ser atualizado. Acho que agora cabe a nós que não conseguimos renegociar a nossa dívida pressiona-los. Na minha última demanda (de somente 800 caracteres e eu não consegui escrever metade do que eu queria) pedi para eles avaliarem a possibilidade de o sistema que eles possuem esteja desatualizado, inclusive mandei eles fazerem uma busca no google, haha, pra verem que milhares de pessoas estão tendo a mesma dificuldade. Ligo todo santo dia perguntando da resposta, até que hoje resolveram me mandar um email: "Confirmação de fechamento de protocolo". Se eu entro com o login e a senha na demanda aparece que ela foi finalizada e eles apenas responderam que meu questionamento está sendo analisado pelo setor responsável. É um descaso sem tamanho! Gostaria de pedir que se alguém conseguir renegociar entrasse em contato comigo porque eu já não sei mais o que fazer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok Maria Luisa, tão logo tenhamos a primeira confirmação, publicaremos aqui no blog.
      É incrível o descaso com que o MEC trata os estudantes...

      Excluir
  41. Primeiramente parabens pelo blog!
    A luta da Maria Luiza aconteceu cmg tb, entre os 0800 e demandas no site, tb fui orientada para atualizar meu cadastro e ta td certo, atendentes mal educados e fazem HORA COM A NOSSA CARA, ficam pedindo para gte aguardar e por fim nao resolvem nada!
    fiz meu contrato em 2006 50% para medicina. ja me formei e chegou a parcela do fies para eu pagar, ja paguei umas 4 parcelas, porem desejo fazer a renegociação e nao consigo de jeito nenhum..
    ja fiz o cadastro td direitim, só que qdo entro no icone de renegocição coloco minha senha e cpf, nao consigo entrar. uma hora aparece erro 804(que nao condiz) pois meu contrato é de 2006, e hora aparece cpf ou senha invalida... mas ja fiz tudo o que voce imaginar coloquei ate esqueci a senha e ativei no email recebido a senha proposta, meu cpf esta okk, enfim minha senha e cpf estao corretos mas qdo tento entrar aparece ora uma coisa ora outra coisa e no fim nao consigo fazer a renegociação. Ja mandei varios emails abrindo varias demandas no site do sisfies, só que eles nao me dao uma resposta do que possa esta ocorrendo, no ultimo email me mandaram meu problema foi encaminhada para análise da Diretoria de Tecnologia da Informação do Ministério da Educação, só que ate hoje nao me respondemm.... ufaa que texto kkk

    e o abatimento de 1% para medicos tb nao consigo entrar. estou apta para este abatimento, ja fiz o cadastro e nao consigo entrar em usuario e senha.

    TAMANHO DESCASO!!!!!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Débora pelo elogio!

      Infelizmente o sistema de tecnologia do FNDE/MEC é muito, muito ruim, para qualquer coisa funcionar demora uma eternidade.
      Para você e outros milhares de estudantes na mesma situação que a sua, só resta aguardar, pois já foram abertas milhares de demandas há mais de dois meses e até agora nada.


      Excluir
    2. Bom dia Débora. Hoje liguei lá novamente na espera das respostas das demandas que eu abri, e só me pedem para aguardar, 1 demanda até já finalizaram sem nem sequer me responderem!

      Excluir
  42. Olá Flávio, tudo bem? Quando tento entrar na Renegociação aparece a seguinte mensagem: (804) O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010. E eu não consigo fazer mais nada. O que faço agora?
    Obrigada desde já.

    ResponderExcluir
  43. Oi Camila!
    Até o dia de hoje ninguém, cuja primeira parcela venceu em Março, teve o contrato renegociado.
    Na realidade o que acontece é que o MEC tem de processar os arquivos, recebidos da Caixa, onde consta o encerramento do contrato.
    O que pode fazer é abrir uma demanda para pressionar o MEC a regularizar essa situação.

    ResponderExcluir
  44. Oi Flavio eu conheco uma pessoa que trabalha na caixa (agencia que fiz o fies) em que ela poderia me ajudar?? com relação a pressionar o mec, a agencia ajudaria? em relação a renegociação que nao esta dando certo..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Débora,o funcionário de agência nada pode fazer, só quem pode resolver esta questão é o FNDE/MEC.

      Excluir
  45. Oi Flávio ! Conforme conversamos há 2 semanas a informaçao retornada pela ouvidoria MEC o prazo para atualização dos dados cadastrais no SISFIES seria até 10/05/13. Hoje 22/05/13 ainda nada de atualização. sempre erro 804.minha 1° prestação venceu em Março sendo que desde então minha fiadora idosa e eu estamos com o nome incluídos no SPC SERASA.. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi José Maria!

      É como eu lhe falei, eles dificilmente cumprem os prazos...
      Abraços!

      Excluir
  46. Flavio: é possível fazer a negociação da renegociação? ex: eu renegociei o FIES e não pude adimplir porque as parcelas ficaram altas. tento fazer a negociação da renegociação e não consigo. fui na caixa, e lá me informaram que era possível realizar a transação. contudo, no site do FIES, eu não consigo realizar o procedimento, já que, existe um aviso dizendo: vc não está enquadrado nas fases I e II da amortização. eu realmente posso realizar essa negociação da renegociação? como procedo? o que seria esse não enquadramento nas fases I e II da amortização? desde já, muitíssimo obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andréia, caso tenha feito a primeira renegociação oficial antes de
      outubro de 2010, é possível fazer uma nova renegociação. Caso tenha sido feita após outubro de 2010, não será possível fazer nova renegociação.

      Excluir
  47. ola flavio, quando vou fazer minha renegociação aparece a seguinte mensagem:
    O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso IV do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010.
    Porem acredito que ele atende sim, vc poderia me explicar melhorou aconselhar o que devo fazer! agradeço desde ja!
    heloisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Heloísa, o que está acontecendo é que o site do MEC ainda não foi atualizado com as informações de encerramentos recentes de contratos, por isso essa mensagem de erro.
      Existem milhares de estudantes na mesma situação e o MEC ainda não conseguiu resolver essa questão.

      Excluir
  48. Boa tarde Flávio!

    Nada ainda de eu conseguir fazer a renegociação, continua aparecendo a mensagem com o código 804, já mandei zilhões de vezes reclamações ao MEC e solicitei a CEF que diz que anda tem a ser feito por eles.

    Me orienta a fazer o que? Minha 1º parcela venceu em março e não consigo pagar o valor que está sendo cobrado.

    Att.

    Camila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!

      Infelizmente não há nada a ser feito a não ser aguardar. O MEC já sabe do problema e nem ao menos nos informa sobre o que realmente está acontecendo, o porquê de tanta demora.

      Excluir
  49. Prezado Flávio, Tenho acompanhado constantemente as mensagens em seu BLOG sobre o tal erro 804 no site do FNDE.
    Que eu contei desde 31/03 foram 18 perguntas a respeito do tema. Como o FNDE não tem nos respeitado, não seria o caso de entrarmos como uma ação judicial coletiva ou individual? ou até mesmo uma ação administrativa interna pq não respondem nossas reclamações na ouvidoria? Não sei; tem que ter algum jeito de nos unirmos e fazermos pressão nos responsáveis. Aguardo seus comentários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberto, acho que poderia ser tentado um pedido formal de esclarecimento por parte de um juiz ou defensor público, se é que isso pode ser conseguido, poderia ser um caminho.

      O problema é que o MEC se faz de morto e não diz o que está realmente acontecendo, o porquê de tanta demora na atualização dos dados.

      Excluir
  50. olá Flávio!

    Parabens pelo Blog. Cara não sei o que fazer, cursei 7 anos de engenharia e não consegui me formar. Agora o Fies ta mandando a conta da faculdade para eu pagar. A faculdade ao invés de me cortar do fies vendo que eu nao tinha condições de me formar, me manteve até o final. Agora ainda faltam pelo menos umas 13 matérias para acabar o curso e não tenho dinheiro para pagar o Fies e nem a faculdade em valor integral. Voce pode me dar algum conselho? Já me falaram para processar a faculdade, pois, ela na primeira reprovação deveria ter me excluido do quadro do FIES, isso procede?

    Um abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi João Victor!
      Em relação às prestações do Fies, o que pode fazer é tentar uma renegociação, para diminuir as parcelas mensais.
      Nessa questão sua com a faculdade, a faculdade pode alegar que você também aceitou essa situação. Nesse caso você pode consultar um advogado ou defensor público para ver a viabilidade dessa ação.

      Excluir
  51. Flávio!
    Me formei em 2011 e desde fevereiro deste ano venho pagando os 50% do que foi oque financiei pelo fies no valor de R$ 1160,00. Fui a CAIXA para ver da renegociação e me mandaram fazer o processo pelo site do sisfies. Pelo site diz que eu não me enquadro num dos artigos do inciso IV, sendo que meu contrato é de 2006, pago mais que R$100,00.
    Gostaria de saber oque devo fazer.
    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há um problema no sistema, e quem começou a pagar as amortizações a partir de Março de 2013, não está conseguindo fazer a renegociação.
      O FNDE sinalizou que este problema está resolvido a partir de 03 de junho.

      Excluir
  52. Tenho uma notícia boa, depois de tanto encher o saco, literalmente, me mandaram pela primeira vez uma resposta coerente sobre a renegociação e para a minha surpresa assumindo o erro e não jogando a culpa na caixa economica. Vamos continuar pressionando pessoal, em todas as demandas eu dei o prazo pra eles até Junho, caso não resolva entrarei com uma ação judicial.

    "Solução:
    Informamos que o erro ocorre devido a problemas com a geração dos arquivos de carga total, cuja solução está prevista para a próxima semana e tão logo os arquivos sejam processados, os pedidos de renegociação poderão ser registrados no Sisfies"


    Agora só resta esperar, rsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Luisa, a renegociação já está disponível , desde hoje, 07/06/2013.

      Excluir
  53. Boa tarde Flavio, venho constantemente acompanhado o seu blog e o meu problema era o mesmo da maioria. Erro 804, ao tentar uma renegociação, para a minha surpresa hoje dia 07/03 eu consegui acessar o sistema e simular a renegociação. Gostaria desejar boa sorte a todos. !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Luís! Esse dia, um dia teria de chegar...
      Agora é providenciar a documentação e levar à Caixa. Ligue primeiro para saber se já pode ir com o fiador, ok?

      Excluir
  54. Pessoal,

    Não entendi. Flávio, você pode me ajudar?

    ---------------------------------------------

    Situação atual do financiamento:

    Data da contratação:14/11/2003
    Data de vencimento do contrato atual: 15/03/2023
    Saldo devedor para renegociação (R$): 40.670,63
    (Atualizado em: 15/06/2013)
    Prazo de utilização do financiamento (meses):84
    Prazo de amortização transcorrido (meses):3
    Prazo de amortização remanescente (meses):117
    Prestação mensal (R$):50,00

    ------------------------------------------------------

    Condições simuladas para o alongamento de prazo

    Taxa de juros (% a.a.):3,4 (Resolução CMN nº 3.842/2010)
    Prestação mensal simulada para o prazo máximo (R$):219,60
    Prazo de amortização remanescente (meses):117 (A)
    Prazo alongado (meses):144 (B)
    Prazo máximo permitido (meses):261 (A + B)
    Data de vencimento do contrato simulado:07/03/2035
    Saldo devedor utilizado para simulação (R$):40.670,63
    Escolha o total de meses para simular: 261

    -------------------------------------------------

    Significa que a minha simulação está pior que o estado atual?
    Não entendi, o sistema diz que minha prestação atual é 50,00 ?
    Mas estou pagando na Amortização II, 262,00.
    Alguém consegue entender estes dados?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Provavelmente eles colocaram essa prestação em função do erro que estava ocorrendo no sistema, mas isso não tem influência nos valores, que por sinal são só indicativos, conforme a declaração que você assina junto com a simulação.

      Excluir
  55. Flávio,

    Outra dúvida, o alongamento do prazo ainda incide novos juros em cima do saldo devedor da renegociação, que é mesmo Saldo devedor utilizado para simulação? Ou Seja, quanto mais você alonga o prazo a sua dívida total aumenta em função dos juros, ou o valor é o mesmo do devedor total, existindo apenas o benefício da extensão do prazo? Essa informação não pode ser vista na simulação da renegociação, pois independente da quantidade de parcelas que você seleciona, muda somente o valor da prestação, o saldo aparece o mesmo, não sei o que de fato acontece.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz Sérgio, quanto mais longo o prazo, mais pagará. O valor da prestação é baseado no saldo devedor e calculado de acordo com o sistema Price de amortização. em que você paga o juro integral sobre o saldo devedor e o restante é amortizado no saldo devedor.

      Excluir
  56. Olá Flávio. Estou tbm com o mesmo problema da maioria das pessoas que comentaram aqui. Ao tentar renegociar por varias vezes aparecia o erro 804. Hoje dia 08/06 tentei renegociar novamente e apareceu um novo erro: (803) O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso III do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010.
    Você tem conhecimento do que seja?


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raissa, o sistema foi liberado para a maioria dos estudantes desde sexta feita dia 07/06. Esse inciso diz que a sua prestação atual é menor do que R$100,00, que é o valor mínimo de prestação na renegociação. Se o valor da sua prestação atual for mais do que R$ 100,00 vá tentando, pois pode ser ainda alguma inconsistência do sistema, ok?

      Excluir
  57. Boa tarde Flávio!

    Grças à Deus abriu o site do MEC para imprimir a documentação, estou na dúvida sou obrigada a ir até a CEF com minha fiadora? Ou ela pode me passar uma procuração ou algo assim e eu ir resolver isso sozinha?

    Grata por tudo,

    Camila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que está dando certo, Camila!

      Sua fiadora pode passar uma procuração pública para você representá-la no banco. Se ela for casada, o cônjuge dela também precisa passar uma procuração. Você terá de levar a documentação atual , comprovantes de renda e residência, ok?

      Abraço!

      Excluir
  58. Boa tarde Flávio, assinei os papeis hoje na caixa, foi preciso a presença da minha mãe, que no caso é minha fiadora, e meu pai conjuge. Já posso dormir tranquila. Boa sorte aos que ainda estão tentando, pelo menos na minha cidade o gerente da caixa disse que eu fui a única a conseguir renegociar até agora. Não esquecam de levar comprovante de residencia e de renda do fiador.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Maria Luisa, que tudo deu certo, fico feliz!

      Creio que logo logo mutos irão estar renegociando como você.

      Grande abraço!

      Excluir
  59. Oi Flávio, boa tarde! Seu blog é muito bom, e sem dúvida ajuda a muitos estudantes, que Deus te abençoe sempre por esta iniciativa. Desde março deste ano eu sofria com o erro 804 e finalmente consegui acessar para renegociação na noite de ontem porém tenho muitas dúvidas, e como não quero mais ter dores de cabeça com o FIES quero fazer a inscrição sem sombra de dúvidas. Aí vai: Se eu colocar algum dado errado sobre valor de mensalidade por exemplo, terei como mudar? Terei problemas? Onde eu pego esses valores? Como não pago mensalidade fazem anos, não sei... isso está no passo 4 do site sisfiesportal.mec. Assinei contrato pela Caixa num município vizinho pois não tem no meu município, e no site diz que a Caixa e o Banco do Brasil estão aptos para firmarem contrato, então posso mudar para o Banco do Brasil? Eu prefiro pois tem na minha cidade e o atendimento é muito melhor, mas tenho medo de mudar, se realmente puder. Posso mudar o fiador? Hoje é uma tia minha que ganha muito bem mas gostaria de mudar para o meu pai que é aposentado. E essas 3 modalidades de fiança que diz no site, o q são? E futuramente se eu quiser fazer outra renegociação para aumentar o valor da parcela e diminuir o tempo de prestações, isso é possível? Peço humildemente sua ajuda. Bjoss Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Tati. pelos elogios e pelas bençãos!

      Se está querendo fazer a renegociação, não há como mudar o tipo de fiança e terá de assinar o contrato de renegociação na mesma agência onde o contrato foi assinado.
      Você pode mudar o fiador sim e a renda tem de ser de duas vezes o valor da mensalidade que você irá pagar depois da renegociação. Essa renegociação é para aumentar o prazo e diminuir o valor das parcelas e somente pode ser feita uma única vez.

      Excluir
  60. Obrigado por tantas informações...seu blog é realmente muito esclareCedor...só tenho uma duvida..nessa renegociacao é possível alterar o fiador?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Márcio pelos elogios!
      Sim, é possível alterar o fiador. No ítem 4 das observações neste post fala exatamente sobre isso,

      Excluir
  61. Olá, boa tarde.
    Primeiramente, obrigada pelos esclarecimentos do site.
    Quero fazer renegociação da minha dívida em outra agência e substituir o fiador, pois não moro mais na mesma cidade. Isso é possível? O valor da renda mensal do novo fiador deve ser proporcional a parcela da amortização ou ao valor da mensalidade do curso?
    Obrigada,
    Ana Paula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Ana Paula!

      Como é explicado na postagem, a renegociação só pode ser feita na mesma agência onde foi feita a assinatura do contrato. O valor da renda do novo fiador deve ser, no mínimo, de duas vezes o valor da nova parcela depois da renegociação.

      Excluir
  62. Estou tentando encontrar o numero do meu contrato para fazer a suspensão do FIES, porém nao tenho ideia de onde encontro esse numero. no meu aditamento tinha um numero de 4 digitos, que da como invalido.
    E agora?
    Valeu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael, caso o seu contrato seja da Caixa o número tem 18 dígitos e pode ser encontrado no seu contrato ou nos boletos.

      Excluir
  63. Oi Flávio, eu me formei a 1 ano e meio e agora em agosto venceu a 1 parcela do meu fies no valor de 535 reais, porém quando entro no sis fies para renegociar aparece:803) O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso III do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010.. ja paguei a parcela de agosto e setembro, e agora em outubro dia 25 vence outra e eu não consigo renegociar, o meu contrato foi assinado antes de 2010..preciso de sua ajuda!

    ResponderExcluir
  64. Samila , demora alguns meses até que o sistema do Mec seja atualizado e seja autorizada a renegociação .

    ResponderExcluir
  65. Flavio, boa noite!
    Por gentileza, gostaria da sua orientação referente meu caso, visto que há mais de 1 mês venho tentando buscar esclarecimentos junto a CEF e o MEC, pois quero quitar pendencia do FIES.

    Em 2006 realizei cadastro no FIES para ajuda financeira na faculdade, onde usufruí 6 meses deste beneficio e após tranquei matricula por algumas dificuldades pessoais.
    De lá pra cá, após começarem as cobranças não efetuei nenhum pagamento, a não ser somente 4 parcelas de R$ 50,00 referente amortizações.

    Hoje desejo quitar este débito e informações da CEF de Barueri, gerente Jaqueline informou que minha divida esta atualizada em R$ 4.942,00.
    Ultimo boleto venceu em 2012, no valor de 2,98 pois era amortização.

    Ressalto que CEF esta se negando qualquer tipo de parcelamento/renegociação. Somente pagamento a vista, do contrario irei permanecer com esta pendencia na CEF e Serasa.

    Tentei renegociação pelo site do FNDE, porém aparece a seguinte mensagem:
    O seu contrato não satisfaz a condição estabelecida no inciso III do art. 2º da Resolução FNDE nº 3 de 20 de Outubro de 2010.

    Fiz contato com o MEC pois CEF informa que é o governo que não permite renegociação, porém o MEC informa que a CEF é responsável pelos débitos e negociação.

    Enfim, gostaria de saber como proceder ?
    ü Outra informação, esta divida caduca após 5 anos (data que foi inclusa no SERASA)?

    ü É viável entrar com processo e quanto tempo demoraria?

    ResponderExcluir
  66. Boa noite!
    Se a parcela sua última parcela de seu contrato foi inferior a R$ 100,00, a Caixa tem razão pois a resolução que regulamenta a renegociação, não permite.
    A questão da caducidade da dívida não tenho essa informação. Questão jurídica é melhor consultar um advogado ou defensor público .

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.